Aquarela #Materiais

 

  Heeeeeyyy meus pudins, iai beleza?
   Como muitas pessoas sabem que comecei a usar  aquarela em meus desenhos e com isso surgiram várias perguntas e dúvidas sobre  os materiais que uso junto com a aquarela, resolvi fazer esse post e também pra quem deseja começar a pintar com as tintas aquareláveis, esses são os materiais básicos que indico vocês  terem de inicio para praticar, claro que existe outros materiais profissionais e gambiarras e vou fazer um outro post falando sobre gambiarras que uso nos meus desenhos com aquarela, fiquem ligados, em breve.
Papel
  Antes de tudo precisamos do papel, certo? 
  Como estou iniciando, meus desenhos ainda não são profissionais para investir em papéis próprios para aquarela, utilizo a folha de papel cartão. A folha de papel cartão tem a gramatura de 180 g/m², já as folhas próprias e profissionais para aquarela têm 300 g/m², como utilizo a de papel cartão minha opinião é que são bons para serem utilizada  e é claro que não substitui  os papéis próprios para aquarela. Na maioria das vezes não enruga com o contato e quantidade de água que utilizo em meus desenhos, se for usar o papel cartão dê preferência dos papéis lisos, alguns tem relevo, observe isso, porque fica melhor para fazer os rabiscos dos desenhos. 

O primeiro, é o bloco de folhas que uso em minhas aquarelas, se você é iniciante e não quer investir tanto em seus primeiros desenhos, opte por um bloco desse. 

Bloco com 50 folhas, R$ 14,60 (economizo bastante)


 O segundo, é o bloco de folhas que é indicado para aquarelas, aconselho usar depois que aprender a manusear a aquarela, por ser um investimento maior.

Bloco com 12 folhas, R$ 19,99

  As folha de oficio não são boa pra serem utilizada porque é muito fina e acaba enrugando quando entra em contato com a água. 

Aquarela
   Material principal, pelo meu conhecimento existe 3 tipos de aquarela: lápis aquarelável, pastilha e bisnaga, todos eles dão quase o mesmo efeito, mas pra isso requer qualidade e boa pigmentação.
     Em lápis eles tem uma pigmentação transparente, não é cremoso e o melhor é que na maioria das vezes não precisa fazer mistura de cores por conter na maioria das vezes já todas as cores.
     Em pastilhas são as mais comuns, de fácil encontro e são boas, tem uma pigmentação mediana, meio transparente e meio cremosa, para fazer as mistura de cores é um pouco trabalhosa, mas nada complicado.
     Em Bisnaga  é a melhor e mais usadas pelos artistas que trabalham com aquarela, é melhor em relação à mistura de cores, porque tem mais controle sobre as cores e são bem cremosas.
 
 
 
  A aquarela
 que uso é essa da Faber Castell, em pastilha com 2 camadas: cores Neons e Básicas, 12 cores. Gosto bastante dela, por ter uma boa pigmentação e as cores serem muito bonitas.

Pincel
   O pincel é o segundo material principal para pintar com aquarela. O pincel tem que ter cerdas macias para o desenho ficar com um acabamento mais bonito e sem riscos, dê preferência aos de pelos.  A maioria dos meus pinceis são da marca Condor, Impala (sim, pinceis de unha)  e Tigre,  utilizo 3 tipos de pinceis:
     
N° 0 Bem fino, para detalhes menores e delicados (uso para delinear as linhas principais do desenho)
     N°2  Fino, para detalhes maiores  (uso para delinear linhas maiores dos desenhos como contornos)
     N°12 Médio para preenchimento (uso para a maioria dos preenchimento de desenhos).
   
   Esses citados são os que mais uso e indico.

Copo com água  
 
  Pra mim o copo com água é o terceiro material principal, porque sem a água não tem como dissolver a aquarela.
Lápis, lapiseira e grafite

    Existem diversas classes de lápis os simples, os semi-profissionais e os profissionais, como também os tipos de espessuras HB, 2B, 3B, 4B, 5B, 6B... No meu caso me adequei ao 2B e o 4B, porque consigo controlar a grossura do traço, se você não consegue opte por usar os tamanhos de lápis para cada tipo de traço. O 2B uso para fazer as linhas principais  do desenho e o 4B para ajudar nos desenhos mais grossos e no esfumado.
  LapiseiraComo os lápis existem diversos tipos de lapiseira, elas também existem diversas espessuras 0,5 á 2,0 mm (até onde conheço), as que sempre dou preferência são as mais leves possíveis e com espessura de 0,7.

  Ponta de Grafite
- Como o lápis e a lapiseira existe diversos tipos, dê preferência sempre aquelas que tem o risco mais preciso e bem pigmentado. A que utilizo é a da mapel que tem um traço preciso e uma ótima pigmentação 
 

Borracha
   Como quase todos os materiais citados acima,  existe vários tipos de borracha, as de uso escolar e as para desenho. A escolha da borracha é essencial porque nem todas são boas para desenhos, a maioria mancha e até danifica o papel, as ideais são as brancas, macias e que não soltam muito farelos.
 
   Uso essa da STAEDTLER e essa outra que não sei de que marca e pais, veio junto com um kit escolar que ganhei e gostei bastante da qualidade dela. Recomendo vocês comprarem essa da 
STAEDTLER que é de fácil encontro e um preço acessivel.
Caneta nanquim
   Para quem não sabe a caneta nanquim é aquela canetinha que na maioria das vezes é usada na cor preta, mas possui diversas cores,  é utilizada no final do desenho para realçar os traços. Não utilizo as verdadeiras nanquins por está iniciando e ser um produto caro, utilizo aquelas de CD com bico fino e umas canetas que vem em kits escolares,  são similares. Existe diversos tamanhos dos bicos das canetas nanquins, as que eu mais uso são 0,05mm e 0,004mm para os traços mais finos dos desenhos.
 

Recipiente 
  O recipiente é fundamental para a elaboração de novas cores até mesmo para quem usa  aquarela em Lápis, pastilha e bisnaga. Pode ser substituído por um pires ou uma tampa de vasilha. Eu uso aqueles recipientes com divisória próprios para esse tipo de procedimento (não sei o nome)
 

Régua 

  A régua, elas podem servi mais do que você imagina, não só para fazer traços. (exemplos incluso no post de gambiarras para aquarelas)
 

Corretivo 
  Você já pensou que o corretivo pode ser uma aquarela na cor branca já dissolvida em água? Nesse caso não iremos utilizar o corretivo para “apagar” a aquarela e sim para fazer efeitos, tipo nuvens, estrelas, brilho dos olhos, reflexos e entre outros. 
 

Post-it 
  É importante ter sempre por perto post it ou algum resto de papel para fazer rascunhos, teste da tonalidade das cores e o risco do lápis 
 

Obs: Vocês não precisam seguir meus materiais, testem vários materiais e crie opiniões e preferências sobre cada um, o que pode ser bom pra mim, pode não ser bom pra você, então recomendo sempre que puder testar, testar e testar.
Nenhuma dessas marcas está me patrocinando, indiquei-as para ajudar vocês á conhecer sobre cada produto e ter uma opinião sobre eles
   Espero muito que vocês tenham gostado do post de hoje, qualquer duvida deixe nos comentários ou entre em contato comigo, pelo email, insta ou whatsapp 

Um comentário: